Páginas

30 de mai de 2012

Meu primeiro!

Boa tarde People!
Hoje vim falar sobre meu gosto pela leitura. Pelo que me lembro o livro que me fez GOSTAR de ler, foi "O Menino do Dedo Verde", que livro lindo!
Não sei quantos anos eu tinha, mas já estava no ensino fundamental, já havia lido outros livros clássicos, como o "Patinho Feio", "Três Porquinhos" e "Chapeuzinho Vermelho". Depois me interessei pelos clássicos da Disney, é óbvio. Lembro que minha mãe comprou um livro enorme com várias histórias, me apaixonei pela "Alice", queria de tudo quanto é forma um coelho e uma lagarta.
Mas hoje vou falar especialmente desse carinha doido que tinha o dedo verde, a "Alice" fica pra uma próxima, tem muito o que falar dela.

Sinopse: Tistu é um menino muito feliz, que nasceu e foi criado com todo o luxo que seus belos pais - donos da maior fábrica de canhões do mundo - podiam dar e o dinheiro podia comprar. Morava numa mansão - a "Casa-que-Brilha" - e tinha criados que o adoravam. Ao completar oito anos, seus pais decidem que já é hora do filho conhecer as coisas da vida e se preparar para, no futuro, assumir e dar continuidade aos negócios da família. No entanto, logo no terceiro dia de aula o menino é expulso do colégio por dormir durante as aulas. Com isso, os pais de Tistu decidem que a educação do menino se fará dentro de casa, sem livros, através de suas próprias experiências e observações. No dia de sua primeira aula com o jardineiro Bigode, Tistu descobre um dom excepcional: ele tem o dedo verde - o que significa que basta um toque de seu polegar para que surjam plantas e flores onde quer que ele encoste. Com as aulas do Senhor Trovões, ele entra em contato com a violência urbana cotidiana e conhece a infelicidade e a tristeza. Inconformado, Tistu decide mudar o mundo apenas com o toque de seu dedo verde, começando pela cidade onde mora, Mirapólvora.

Me lembro que era um livro da biblioteca da escola, de capa velha e gasta, num fui muito com a cara dele, pq num tinha uma capa das mais bonitas. No começo achei o menino um mala, mauricinho, chato pra dedeu, mas depois que ele descobriu o seu dom e começou a mudar as coisas, eu me apaixonei(pra variar um pouco).
Pra falar a verdade não me lembro do final da história, só o que sei é que eu chorei e olha que eu era criança, nem era manteiga derretida ainda. Esse livro realmente mudou minha vida, queria fazer algo pelo mundo também, queria meu próprio jardim e queria um dedo verde pra num precisar ficar tendo trabalho de cavar, aguar e etc.
Foi por causa desse marditinho que eu leio tanto até hoje.
Então se vc um dia tiver que indicar algum livro para uma criança, indique esse! Ele é ótimo, para a construção da personalidade.


É isso aí meu povo.
Inté!
Beijos

2 comentários:

  1. Eu me lembro que o primeiro livro que eu me apaixonei chamava-se Soprinho rsrsr
    Parabéns pelo blog. Estarei sempre por aqui acompanhando as suas dicas ^^

    ResponderExcluir
  2. Parece muito interessante (: que legal. Vou procurar. Valeu pela dica o/ (queroumdedoverde)

    ResponderExcluir